CULTURA JÁ!

O teu direito à cultura é assegurado pelos artigos 42.º, 73.º e 78.º da Constituição.

O teu direito à cultura é assegurado pelos artigos 42.º, 73.º e 78.º da Constituição.

Artigo 42.º
Liberdade de criação cultural
1. É livre a criação intelectual, artística e científica.

 

Artigo 73.º
Educação, cultura e ciência
1. Todos têm direito à educação e à cultura.

 

Artigo 78.º
Fruição e criação cultural
1. Todos têm direito à fruição e criação cultural, bem como o dever de preservar, defender e valorizar o património cultural.

 

  • Enquanto jovem, poderás enfrentar alguns desafios no acesso aos circuitos culturais, seja por falta de contactos e experiência ou por falta de rendimentos que te permitam criar ou aceder à oferta cultural.
  • Assim, o Estado, reconhecendo esses desafios, assegura a proteção especial do teu direito à cultura, enquanto jovem.

Como?

 

  • Para que possas criar livremente e aceder à oferta cultural, o Estado oferece e apoia diversos programas e oportunidades para ti.

Apoio à Criação e Expressão Livre

O Programa Jovens Criadores é uma iniciativa do Instituto Português do Desporto e da Juventude que tem ao dispor um conjunto de oportunidades para divulgar o trabalho de jovens criadores portugueses. Fica a saber mais sobre este programa e mostra-nos o teu potencial.
Esta iniciativa do Centro Nacional de Cultura, apoiada pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, tem como objetivo estimular o trabalho criativo das/os jovens nas diversas áreas das Artes e das Letras. Desde 1990, ano de criação do programa, já foram atribuídas 200 bolsas. Não percas a oportunidade de concorrer e potenciar o teu talento musical.
A Direção-Geral das Artes organiza igualmente a seleção de jovens músicos para a Orquestra de Jovens da União Europeia. Esta iniciativa anual permite aos jovens selecionados trabalharem com professores especialistas em instrumento e terem a oportunidade de tocar em grandes salas de concerto em todo o mundo, com maestros e solistas de renome. Se tens entre 16 e os 26 anos participa numa das audições que são anualmente realizadas em Lisboa e no Porto. Sabe como no link abaixo.
Esta nova iniciativa é bastante aliciante. Os Estúdios Victor Córdon desafiam os compositores com idade até aos 35 anos, a desenvolver trabalho e a acompanhar a atividade do Teatro Nacional de São Carlos e da Companhia Nacional de Bailado sob a orientação de Luís Tinoco.

Lançada no início de 2017, registou 36 inscrições, e selecionou as compositoras Fátima Fonte (34 anos), Sara Ross (28 anos) e Sofia Sousa Rocha (31 anos).
Para além do trabalho contínuo que vão desenvolver na temporada 2017-18, destaca-se o projeto educativo que será apresentado publicamente em fevereiro de 2018.
A Antena 3 criou a marca Antena3Docs para assegurar a produção de vários documentários ligados à cultura pop, com a música portuguesa em primeiro plano, mas tentando olhar ainda para outras áreas do novo talento cultural nacional. As séries documentais, mini-docs e documentários mais extensos são exibidos e alojados no site da Antena 3, sendo igualmente exibidos (em muitos casos) na RTP2.

A produção é muitas vezes assegurada internamente pela RTP, mas em muitos casos damos oportunidade a que pequenas produtoras e realizadores independentes apresentem e desenvolvam projetos com o apoio financeiro da estação. Se tens uma ideia para um produto neste âmbito não deixes de entrar em contato e apresentar a tua proposta.
Se a fotografia é a tua grande paixão e o prazer por viajar faz parte do teu ADN, esta iniciativa da Direção-Geral do Património Cultural é indicada para ti.

Este passatempo tem como objetivo despertar os jovens portugueses residentes em território nacional (14-21 anos) para o envolvimento com a riqueza da história e da paisagem cultural, com o passado e o presente através do registo fotográfico, tendo como fonte de inspiração um elemento patrimonial. Num convite à livre expressão da criatividade e da imaginação, propõe-se uma redescoberta do património em Portugal através da reprodução do preciso instante do contato com a paisagem cultural.

Educação para Cultura

  • Iniciativa Plano Nacional do Cinema
Criada em 2013, esta iniciativa conjunta da Presidência do Conselho de Ministros, através do Ministério da Cultura e do Ministério da Educação, operacionalizado pela Direção-Geral da Educação (DGE), pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) e pela Cinemateca Portuguesa — Museu do Cinema (CP-MC) pretende levar a linguagem cinamatográfica às escolas abrangidas pelo programa.

Se achas que a tua escola devia beneficiar desta iniciativa, partilha esta informação com os teus professores para que possam concorrer e aumentar a oferta de formação.
Alguns Arquivos Distritais da Direção Geral de Livros, Arquivos e Bibliotecas organizam oficinas temáticas e visitas aos arquivos, destinadas a jovens, onde podes explorar diversas áreas relacionadas com a paleografia, genealogia, etc.
Se a tua curiosidade precisa de ir ao encontro de fontes de informação histórica e cultural este arquivo pode ser bastante útil. Realizar uma pesquisa histórica, obter comprovativos de direitos de cidadania e fruição do Património arquivístico do Arquivo Nacional da Torre do Tombo é gratuito e simples. Visita!
Ocasionalmente, no âmbito de dias comemorativos (Dia Internacional dos Arquivos, Dia Mundial da Fotografia, etc.) o Centro Português de Fotografia proporciona ao público juvenil oficinas/workshops gratuitos entre outras iniciativas.
Durante as Férias de Verão, alguns Museus, Palácios e Monumentos da DGPC organizam atividades relacionadas com o seu Património e Coleções, de forma a que as/os jovens possam aproveitar os tempos livres.

Visitas temáticas, jogos de descoberta, oficinas/ateliês de expressão plástica, teatro, música, dança constituem possíveis ofertas onde a diversão e aprendizagem prometem estar sempre presentes.
Os Serviços Educativos (SE) fazem parte das dinâmicas dos Museus, Monumentos e Palácios da Direção-Geral do Património Cultural.
De forma a estimular o hábito das visitas aos Museus, Monumentos e Palácios, e promover o conhecimento e a valorização do Património Cultural, os Serviços Educativos promovem atividades de âmbito escolar e outras de carácter mais alternativo.
O Serviço Educativo organiza visitas guiadas com base em temas que vão ao encontro dos programas escolares e um peddy paper de visita ao Museu.
No âmbito do programa de estágios, o Museu Nacional Soares dos Reis recebe jovens do ensino secundário, licenciatura e mestrado. No âmbito da colaboração científica, os técnicos do Museu têm participado na orientação de trabalhos de mestrado.
A oferta educativa disponibilizada pela equipa do Serviço Educativo do Palácio Nacional da Ajuda passa pelas Visitas Temáticas para público escolar e pelas Visitas Temáticas para qualquer tipo de público.
  • Estágios no Teatro Nacional D. Maria
Se estás no Ensino Superior ou Politécnico (licenciatura ou mestrado) e pretendes realizar um estágio curricular, o Teatro Nacional D. Maria disponibiliza vagas em diversas áreas técnicas como a produção, comunicação, iluminação, som, direção de cena, guarda-roupa. Informa-te como podes concorrer.

Acesso à Cultura

  • Bilheteira dos Monumentos, Palácios e Museus sob a tutela da DGPC
Se tens até 29 anos, tens a hipótese de usufruir de 50% do desconto ao apresentares um cartão de estudante e/ou cartão jovem.
As/os jovens estudantes e portadores do Cartão Jovem têm um desconto no bilhete, pagando €2,15, e o preço ainda é mais reduzido para jovens estudantes de cinema: €1,35.

As exposições permanentes ou temporárias no Salão Foz e na Barata Salgueiro têm entrada gratuita, assim como o acesso à nossa Biblioteca Pública especializada em cinema.
É prática comum do Teatro Nacional São Carlos e da Companhia Nacional de Bailado a aplicação de descontos para jovens até aos 25 anos. Atualmente, o desconto é de 15%.
O Teatro Nacional D. Maria II oferece descontos de 15% para jovens.

Para além dos descontos para a sala principal existem também estes descontos para os restantes espaços e serviços:

Descontos (em vigor em 2017):
  • Jovens até aos 30 anos: 8€ (Sala Garrett - Plateia); 5€ (Sala Garrett -balcões); 6€ (Sala Estúdio). Este desconto é igual ou superior a 50% do bilhete normal.
  • Livraria do Teatro
  • Campanha permanente dirigida a estudantes de Teatro e artes performativas das escolas de todo o país, atribuindo-lhes 10% de desconto em todos os produtos.
  • Visitas Técnicas
  • Visitas especializadas para alunos de escolas superiores de artes performativas: 1€ / aluno.
O serviço Cinemateca Júnior desempenha um importante papel na sensibilização dos jovens para a História da arte cinematográfica, bem como para o legado patrimonial que esta “nova” arte centenária nos oferece enquanto comunidade.
No Convento de Cristo, ao longo de todo o ano, decorrem diversas atividades para famílias, para crianças e jovens que podes aproveitar. “Do Conto à História”, “Aventureiros do Templo” e “O Segredo dos Templários” são as principais atividades a destacar na programação.
Concertos e recitais são a principal oferta cultural do Museu Nacional da Música. O museu aposta também nas visitas guiadas e workshops. No futuro, a aposta passa pela criação de um projeto totalmente direcionado para a juventude, desde o público até a artistas, denominado “Underground Music”.
As visitas guiadas a exposições, as reservas visitáveis os ateliês pedagógicos são as principais ofertas deste espaço. Atualmente, o espetáculo “Cartas do Novo Mundo”, realizado nas reservas visitáveis "Galerias da Amazónia”, é o que mais se destaca na programação deste museu, no âmbito de Lisboa, Capital Ibero-Americana da Cultura 2017.
A exposição temporária "2 em 1 | Jovens e Criadores, no Museu Nacional do Traje" é, atualmente, o grande destaque deste museu. Um projeto que apresenta o trabalho, na área da moda, de 14 jovens promessas identificadas pelas plataformas ModaLisboa e Associação Selectiva Moda.
O Museu Nacional Soares dos Reis desenvolve atividades regulares para jovens através de visitas orientadas e de oficinas. Para além disso, colabora ativamente com a Universidade do Porto e associações de estudantes.
A exposição “Manuel de Arriaga e a construção da imagem da República” é o principal destaque da programação do Panteão Nacional até dia 12 de novembro, assinalando os 100 anos da morte do primeiro Presidente da República Portuguesa.
A generalidade da programação apresentada pelo Teatro Nacional de São Carlos e pela Companhia Nacional de Bailado é classificada para maiores de 6 anos e, nessa medida, direcionada para o público jovem.
Na programaçao do Teatro Nacional D. Maria II destacam-se algumas atividades para jovens previstas para a temporada 2017/2018.
A rádio e televisão pública tem diversos conteúdos, de difusão televisiva, radiofónica ou digital, para um público mais jovem.
A Antena 3 é, talvez, uma das marcas deste trabalho que melhor conheças que dispõe de oferta de conteúdos para jovens. Sendo a rádio do Grupo RTP mais próxima de um público mais jovem, trabalhando na área da cultura pop, a Antena 3 desenvolve um trabalho muito relevante junto da nova música portuguesa, na descoberta de novos talentos, apoiando o crescimento de projetos e a sua, cada vez maior, internacionalização. Nessa medida, a estação tem desenvolvido um trabalho nos últimos dois anos que ultrapassa em muito as meras emissões em FM, nomeadamente no apoio a espetáculos, festivais e outros eventos em que a música portuguesa está em destaque.

A Antena 3 marca presença em todos os grandes festivais de música em Portugal (Primavera Sound, Alive, Super Bock Super Rock, Paredes de Coura) com equipas de reportagem que acompanham estes grandes eventos. No entanto, este ano foi feito um esforço para marcar presença em mais festivais de médio e pequeno porte, descentralizando o trabalho da rádio e levando-a um pouco a todo o país. Festivais como o Milhões de Festa, o Bons Sons, Douro Rock, Rock Nordeste, Indie Music Fest, Festival de Músicas do Mundo de Sines, Tremor, Festival Med, e muitos outros, em que a Antena 3 participou com emissões ao vivo, transmissão de concertos e reportagens.